O coitadinho do ovo, assim como o glúten e o café, já esteve na berlinda das restrições alimentares inúmeras vezes. Mas, já foi a bola da vez também. A novidade mais recente é que “comer um ovo por dia pode ajudar a evitar problemas cardíacos comuns”. Uma pesquisa publicada no jornal Heart afirma que a ingestão diária pode reduzir em 12% o risco de doenças cardíacas.
O estudo, realizado por pesquisadores dos Estados Unidos e da China foi realizado entre 2004 e 2008 com mais de 500 mil pessoas com idades entre 30 e 79 anos. Após 4 anos de pesquisa a conclusão foi a seguinte: consumir moderadamente o alimento – em média um por dia – reduz o desenvolvimento de doenças vasculares.
Composição do OVO
63% de albúmen
27,5% de gema
9,5% de casca
Componentes do OVO
75% de água
12% de lipídeos
12% de proteínas
Além de carboidratos, minerais e vitaminas.
Curiosidade
 
A prova mais comum para saber se um ovo está velho ou não é colocá-lo em um copo d’água. Se boiar é porque passou do ponto e se ficar no fundo significa que o ovo está bem fresquinho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *