A obesidade como preocupação mundial e os riscos de alguns alimentos que impedem uma alimentação saudável.

Quem nunca usou a expressão “Hoje vou enfiar o pé na jaca e vou comer de tudo! Talvez você nunca falado dessa forma, mas com certeza comeu um pouco a mais, ou ao invés de almoçar, resolveu comer um pacote de bolacha recheada ou um pacote de salgadinho de milho.

Nosso blog fazendo parte do Grupo Escudero e Carvalho e com foco na área de benefícios e planos de saúde individual, familiar e empresa  www.grupoeec.com.br nos preocupamos com sua qualidade de vida e apresentamos algumas informações sobre o problema da obesidade e o cuidado em consumir alguns alimentos.

Obesidade no mundo: a Organização Mundial de Saúde aponta a obesidade como um dos maiores problemas de saúde pública no mundo. A projeção é que, em 2025, cerca de 2,3 bilhões de adultos estejam com sobrepeso; e mais de 700 milhões, obesos.

Obesidade no Brasil: O Brasil vem enfrentando aumento expressivo do sobrepeso e da obesidade em todas as faixas etárias, e as doenças crônicas são a principal causa de morte entre adultos. O setor da saúde e o ministério tem reforçado os programas e as iniciativas que buscam mudar o hábito da população e incentivar práticas mais saudáveis.

O consumo exagerado de alguns alimentos e bebidas podem gerar diversos problemas e até matar aos poucos. Vejamos alguns alimentos e bebidas que causam um sério risco a saúde se consumidos constantemente:

Refeições prontas e congeladas: como, por exemplo, lasanha e pizza, são ricos em gordura saturada e fazem subir os níveis do colesterol ruim (LDL) além de aumentar o risco para doenças cardiovasculares e da pressão arterial, isso devido a quantidade exagerada de sódio encontrados nesses alimentos.

Os embutidos: (salsicha, linguiça, mortadela, presunto, salame) também entram na lista de alimentos que contêm excesso de sódio, além das doenças já citadas, os alimentos com muitos conservantes podem causar alergias e problemas estomacais, além de algumas substâncias potencialmente cancerígenas.

Os caldos e temperos industrializados: e os salgadinhos de milho também possuem altos teores de sódio e glutamato monossódico. O sódio consumido além do limite recomendado é um sério inimigo do ser humano, por ser um dos principais responsáveis pelo desenvolvimento da hipertensão. Já o glutamato, segundo estudos, pode acarretar a problemas como mal de alzheimer, parkinson e câncer.

As frituras:  também devem ser evitadas, devido às alterações químicas que ocorrem no óleo, principalmente quando utilizado varias vezes para fritar os alimentos, onde podem causar sério risco a saúde.

Margarina: Nada melhor que um pãozinho com manteiga, certo? Infelizmente não. A maior parte das margarinas é feita com óleos vegetais líquidos, mas conhecidos como hidrogenados, que são as gorduras trans. Essas gorduras não são reconhecidas pelo organismo. Isso provoca um acumulo de gordura na região abdominal e um sério risco de desenvolver o colesterol ruim e doenças cardiovasculares.

Açúcar: Se ele é importante para muitas funções no nosso corpo, ele também pode ser um baita vilão. O açúcar é um alimento sem valor nutricional e quando consumido em excesso ele fica armazenado em nosso corpo em forma de triglicérides o que é uma bomba relógio para o nosso organismo.

Por ser calórico, ele pode elevar ao diabetes, hipertensão, além é claro da obesidade, um dos males do século XXI. O biscoito recheado é um dos alimentos mais carregados com açúcares e possuem uma densidade energética muito grande, se o açúcar fosse único problema, mas ainda existem outros como, por exemplo, a gordura saturada, além de diminuir o HDL (colesterol bom), outro ponto negativo das bolachas recheadas são aditivos usados para dar cor às bolachas e recheio, eles são prejudiciais a saúde e estão ligados a hiperatividade e déficit de atenção.

Mas o campeão no quesito açúcar são os refrigerantes, além de conter diversas substâncias artificias na sua composição a bebida tem pouquíssimo valor nutricional. Uma grande quantidade de fosfato que provoca liberação exagerada de cálcio que levam ao enfraquecimento dos ossos.

O grande problema dos refrigerantes de fato é o excesso gigantesco de açúcar. Para ter uma idéia, em uma latinha de refrigerante contém 35 gramas de açúcar, ou seja, 8 colheres de chá de açúcar. Eles são os principais responsáveis pelo ganho excessivo de peso e a obesidade.

Nem os refrigerantes diet escapam, já que contêm aspartame como adoçante. Esse componente gera metanol que é uma substância tóxica para os neurônios podendo acarretar degeneração neural que esta relacionada a doenças como o mal de Alzheimer.

Isso não quer dizer que você esteja proibido de comê-los, mas o consumo deve ser com menos frequência, ou seja, uma vez na semana por exemplo. O importante é evitar os excessos, principalmente de comidas que contém muito açúcar, sódio (sal) e gordura, sempre tentando substituir por alimentos mais saudáveis como frutas e verduras.

É importante o acompanhamento de um nutricionista para uma alimentação saudável e balanceada e acompanhamento médico. Precisamos cuidar da saúde para que os nossos dias sejam longos e possamos cumprir nossa missão. Qual é a sua missão?

Seus amados precisam que sua “máquina” esteja em dia e saudável para que tenha mais tempo com eles e aproveite as coisas boas da vida.

Faça checkup regularmente e busque os profissionais e especialistas da área da saúde.

Estamos a sua disposição para realizar a cotação de um plano de saúde que atenda a sua necessidade, família e empresa.


Fonte: Grupo Escudero & Carvalho


Nossas refeições são saudáveis de verdade e utilizamos de insumos nobres! Todos as refeições Be Nutri, não possuem em suas receitas ovos, leite, gordura hidrogenada, conservantes ou temperos industrializados. Todos os nossos produtos são ULTRACONGELADOS a -40º, preservando um sabor inigualável e todos os nutrientes originais. Parece que foi feito na hora! Prescrito por nutricionistas! Clique aqui e Experimente!

2 thoughts on “Obesidade x riscos de alguns alimentos x alimentação saudável

    • felipe says:

      Olá Angela, como vai? Esperamos que tudo bem… Com relação a sua pergunta, existem várias possibilidades de se manter a saúde como um todo, e o melhor, sem precisar sofrer!! Aqui vão algumas dicas:
      1) Pratique caminhadas e exercícios físicos frequentemente;
      2) Matennha uma alimentação sudável, não só nas refeições como nos lanches também;
      3) Evite alimentos gordurosos;
      4) Avalie seu condicionamento físico e seu colesterol constantemente.

      Se desejar cardápios específicos para as suas refeições em lanches escreva aqui para nós!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *